quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Prova Comentada Agente Administrativo - MDIC

Olá amigos! 

Vou comentar a prova de Noções de Administração Financeira e Orçamentária para Agente Administrativo do MDIC.

Julgue os itens subsequentes, relativos ao orçamento público no Brasil.
81 Durante o exercício financeiro, a lei orçamentária anual pode ser retificada devido a aprovação de créditos adicionais suplementares, especiais ou extraordinários.

Os créditos adicionais são mecanismos retificadores do orçamento. As espécies são: suplementares, especiais e extraordinários.
Resposta: Certa

82 De acordo com a lei orçamentária anual, os orçamentos das empresas estatais dependentes e independentes constam do orçamento de investimento.

De acordo com a lei orçamentária anual, os orçamentos das empresas estatais independentes constam do orçamento de investimento. Os orçamentos das empresas estatais dependentes constam do orçamento fiscal e da seguridade social.
Resposta: Errada

83 O orçamento público é um documento contábil e financeiro desvinculado do planejamento governamental.

O orçamento clássico era um documento contábil e financeiro desvinculado do planejamento governamental.

Já o orçamento programa, adotado no Brasil, dá ênfase nos aspectos administrativos e de planejamento e possui integração entre planejamento e orçamento.
Resposta: Errada

No que se refere ao ciclo orçamentário, julgue os itens de 84 a 88.
84 O envio, pelo Poder Executivo, da proposta orçamentária anual ao Poder Legislativo independe da aprovação e publicação da lei de diretrizes orçamentárias.

Não deveria ser assim, mas é; portanto, o item está correto.

Por exemplo, a LDO-2014 foi sancionada em 24 de dezembro de 2013, ou seja, quase quatro meses depois do envio do projeto da LOA-2014 em 31 de agosto de 2013. Por curiosidade, a LOA-2014 foi sancionada em 20 de janeiro de 2014, ou seja, menos de um mês depois da sanção da LDO-2014.
Resposta: Certa

85 O controle externo da execução orçamentária realizada pelo MDIC constitui atribuição da Controladoria-Geral da União, conforme previsão constitucional.

O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União, conforme previsão constitucional.
Resposta: Errada

86 A elaboração do orçamento inicia-se com a fixação da despesa.

A elaboração do orçamento segue a seguinte ordem:
(1°) fixação da meta fiscal;
(2°) projeção das receitas;
(3°) projeção das despesas obrigatórias; e
(4°) apuração das despesas discricionárias.

Resposta: Errada

87 A duração do ciclo orçamentário é superior a um exercício financeiro, ou seja, o ciclo orçamentário não coincide com o ano civil.

O ciclo (ou processo) orçamentário não se confunde com o exercício financeiro. Aquele envolve um período muito maior, iniciando com o processo de elaboração do orçamento, passando por discussão, execução e encerramento com o controle.
Resposta: Certa

88 A proposta orçamentária do MDIC deve ser apresentada, anualmente, à Secretaria de Orçamento Federal por intermédio do Sistema Integrado de Planejamento Orçamentário.

A proposta orçamentária dos órgãos setoriais, como o MDIC, deve ser apresentada, anualmente, à Secretaria de Orçamento Federal, a qual é a responsável pela consolidação da LOA, por intermédio do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento.
Resposta: Errada

Com relação ao orçamento público na CF, julgue os itens seguintes.
89 A compatibilidade com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias é condição necessária para a aprovação de emendas ao projeto de lei orçamentária anual.

As emendas ao projeto de lei do orçamento anual ou aos projetos que o modifiquem somente podem ser aprovadas caso, entre outros, sejam compatíveis com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias.
Resposta: Certa

90 Uma obra cuja execução esteja limitada a um exercício financeiro poderá ser iniciada sem a sua prévia inclusão no plano plurianual.

Nenhum investimento cuja execução ultrapasse um exercício financeiro poderá ser iniciado sem prévia inclusão no plano plurianual, ou sem lei que autorize a inclusão, sob pena de crime de responsabilidade (art. 167, § 1º, da CF/1988). Logo, os investimentos cuja execução esteja restrita a um único exercício financeiro estão dispensados de serem discriminadas no PPA.
Resposta: Certa

Forte abraço!

Sérgio Mendes


4 comentários:

  1. Muito obrigado professor!
    Deus esteja contigo.

    ResponderExcluir
  2. Não é à toa que excelentes professores indicam seus livros para estudo de AFO.

    ResponderExcluir
  3. Nossa! muito boa explicaçao, estava mesmo em duvida da questão 84. Muito obrigada...Deus abençõe

    ResponderExcluir
  4. Uma dúvida referente a questão 88 da prova, também marquei como certa ,porém a cespe considerou como errada .

    ResponderExcluir

Tire duvidas e mande sugestões.

Coloque abaixo seu melhor e-mail e fique por dentro das novidades